11 de setembro de 2018

Slow Life: Mantendo a tranquilidade em um mundo acelerado

Uma vida mais tranquila começa com a observação do que é realmente sua vida e caminha para a abertura de espaços, mantendo apenas o que agrega valor. Isso vale para espaços físicos, espaços digitais, agenda, informações, comida, roupas... É só abrindo espaço que a gente faz a energia circular, eliminando padrões que congelam e criando abertura para que novas coisas possam acontecer. O novo só vem quando você tem espaço pra ele na sua vida.

Essa primeira semana de Setembro teve um gosto diferente. No dia 01 começamos aqui em casa o nosso Sabbath Digital, um dia sem interferências tecnológicas. Eu tomei essa decisão e compartilhei com meu marido que deu o maior apoio. A ideia é não usar internet aos sábados.

O principal foco é não acessar redes sociais, emails, Whatsapp, entre outras redes que envolvam outras pessoas.  Tanto pra mim quanto para o meu marido, essas redes possuem estreita relação com o trabalho. Não foi o caso deste primeiro sábado, mas entendemos que, eventualmente, precisaremos do celular para usar o GPS, Uber e fazer ligações. Tudo bem.

No nosso segundo sábado offline desse ano nós lemos, cozinhamos juntos, praticamos exercícios, saimos para visitar os amigos. Foi bem gostoso mesmo. No domingo de manhã não senti necessidade de me conectar imediatamente. Fui no meu ritmo curtir a manhã e no tempo certo, fui interagir com o mundo.

Eu entendo que estamos em um mundo acelerado. Entendo que informações jorram aos montes pelas nossas redes e que a qualquer momento pode bater em nós o receio de estar perdendo alguma coisa, alguma oportunidade ou ainda, deixando alguém sem resposta. Converso com muitas pessoas diariamente que se sentem sobrecarregadas, que estão cansadas dessa correria, panela de pressão e gritaria.

As cidades estão cada vez mais abarrotadas e pegar trânsito é tarefa que exige paciência. O modelo de 9 às 5 vem sendo questionado mas o trabalho remoto ainda encontra barreiras. A verdade é que tem muita gente cansada. Cansada de terminar o dia com a sensação de não ter dado conta. Cansada de fechar o mês com a sensação de ter corrido sem sair do lugar. Cansada de ver a vida passar, pagando os boletos, mas sem a satisfação que deseja.

Quando tudo ao meu redor está indo rápido demais, eu paro e me pergunto: “O mundo é agitado ou será que é a minha mente? – Haenim Sumin 

É claro que a internet, as redes sociais e os diversos mensageiros instantâneos que usamos deixaram a nossa vida mais acelerada. O trabalho vai para qualquer lugar, o remarketing bombardeia você com as ofertas que buscou, o mundo não para de gritar no seu pé do ouvido. E só você sabe como essa gritaria cansa, não é?

O mundo não vai parar de chamar sua atenção. É você que precisa aprender a desacelerar. Click To Tweet

Todos nós lidamos com distrações internas e externas. Alguns com maior intensidade e outros menos, é verdade. Acontece que às vezes basta uma pequena mudança na perspectiva para que você realize uma grande mudança na sua vida. Se você está cansado da correria do mundo, do modo multitarefa, de começar várias coisas mas não conseguir concluir, de acumular textos salvos no seu computador e não conseguir acompanhá-los, se está tudo muito rápido…. pare. Respire. Faça menos.

O movimento #SlowLife fala muito sobre essa busca de simplicidade e encontro com o essencial.

Eu acredito muito que esse estilo de vida, que é minimalista, aproxima a gente daquilo que realmente faz diferença e nos deixa confiantes e tranquilos. Inclusive para correr novos riscos. Afinal, a vida tem muitos deles.

Ter uma vida mais tranquila não vai te isentar de todos os perrengues que podem acontecer, mas te permitirá ter menos dúvidas, menos perturbações e mais espaço!

A agitação do dia faz com que muitas pessoas não tenham brechas de respiro, tempo para comer, para dormir bem, para ficar com pessoas que gostam ou ainda, para cuidar delas mesmas. Ficam anos sem consultar médicos, desligam do cuidado com o corpo e colocam o que puder pra dentro, já que com o tempo que sobra, só resta o salgadinho mais próximo.

Para que o dia termine com sentimento de profundidade e tranquilidade, você deve focar em métodos, auto conhecimento e permissão. Busque por:

  1. Clareza de propósito, áreas de responsabilidades de vida e projetos prioritários
  2. Construção de espaço de respiro onde existe tempo para criatividade, paz e negociação
  3. Fundamentação e prática em sistemas para gerenciar o tempo, tarefas e informação

Uma vida mais tranquila começa com a observação do que é realmente sua vida e caminha para a abertura de espaços, mantendo apenas o que agrega valor. Isso vale para espaços físicos, espaços digitais, agenda, informações, comida, roupas, relacionamentos, parcerias. É só abrindo espaço que a gente faz a energia circular, eliminando padrões que congelam e criando abertura para que novas coisas possam acontecer. O novo só vem quando você tem espaço pra ele na sua vida.

O sistema garante a você um segundo cérebro, eficiente, que armazena tudo aquilo que sua cabeça não consegue, para que você possa focar no que é realmente importante.

Confira nesse post o que eu fiz para desenvolver mais atenção plena nessa era digital.

Acredito que um dia tranquilo é fundamentado em pequenos rituais. Tenho até gostado de usar a palavra rituais ao invés de rotinas porque ritual não traz o peso da coisa precisando ser realizada todo dia, na mesma hora. Já abracei a causa de que sou aquariana e gosto de mudar de ideia sobre o plano do dia. Rs

Todo ser humano tem rituais. Seguir processos passo por passo, ao longo dos dias. E realmente pensar a nossa organização por rituais pode até ser mais interessante do que pensar na construção de hábitos logo de início. Afinal, o ritual pode ser intencionalmente planejado e você consegue colocar ele em um checklist. O hábito já é mais difícil de mensurar.

Três rituais essenciais para que o seu dia seja mais tranquilo:

  • Ritual Matutino: Comece o seu dia intencionalmente fazendo algo por você

Evite começar o dia no modo de respostas, atendendo pessoas no WhatsApp enquanto está ainda na privada do banheiro, checando o Instagram ou ainda, vasculhando seu email. Ao invés disso, olhe o seu calendário, escreva intenções pro seu dia, pratique um pouco de meditação. Se prepare antes de ouvir o barulho do mundo.

  • Ritual de Execução: Se prepare para colocar a mão na massa!

Eu tenho um comportamento muito engraçado quando estou procrastinando: eu acho e arrumo bagunça em qualquer lugar. Não consigo trabalhar com nada fora de lugar em casa, mas quando estou enrolando algo, me pego reorganizando a caixa de remédios! Um ritual que me ajuda muito a não ficar nessa espiral de procrastinação é o de preparar meu ambiente para começar. Coloco uma música, faço um chá, configuro o timer e isso me coloca em movimento. É como se eu fizesse três tarefas que iniciam o meu período de trabalho e isso traz satisfação para continuar.

  • Ritual de Encerramento: Termine o seu dia com uma revisão

Quando você tem um ritual de encerramento, onde negocia as datas pro dia seguinte, processa suas informações e organiza sua to do list, isso torna muito muito simples o seu processo de desligar do trabalho. Busque fazer essa revisão como última coisa do seu dia de trabalho e se prepare para entrar em outro modo: de encontrar a namorada, o filho ou cair no sofá pra ver um Netflix (mas lembre-se de dar aquela uma horinha longe das telas antes de dormir).

Para saber mais das minhas rotinas essenciais, acesse essa playlist.

 

Não é todo dia que damos conta da lista de atividades. E ela realmente nunca vai ter fim. A vida muda e conforme vamos crescendo, nossas listas também crescem, mas não precisa ser assustador. É só questão de organizar e caminhar passo por passo. Existem muitas coisas na nossa vida que nós não temos controle e errar e se apegar ao erro pode ser uma armadilha tremenda.

A direção que importa. Tá tudo bem se você quiser ir mais devagar.

O meu papel é facilitar a sua aprendizagem trazendo caminhos de organização já testados e aprovados :o)

Deixe o seu comentário:

Inscreva-se na minha newsletter!

Inscreva-se na minha newsletter!

Receba minhas dicas de organização pessoal em sua caixa de e-mail

Você receberá um e-mail para confirmar o seu cadastro. Não se esqueça de verificar a caixa de spam :)

Pin It on Pinterest