In Organização Digital

Eu não sei você, mas eu coleto muitas referências da internet. Sempre que estou estudando sobre algo novo ou mesmo navegando e me deparo com algo que me chama atenção eu já vou lá e salvo para ler depois. Com o passar dos anos fui vendo as minhas pastas de computador lotarem com o volume de textos, imagens e vídeos que me serviam de referência. E quem disse que eu dava conta de tudo?

Convenhamos, é muito fácil achar tudo online. Ao fazer uma pesquisa pra faculdade, pro trabalho ou seja lá o que for, basta jogar no Google e rapidamente um zilhão de referências, modelos e inspirações aparecerão na sua frente. Por vezes é até cansativo.

A gente precisa prestar atenção para esse processo não ser realizado sem critério, do contrário, estaremos apenas acumulando informações.

Organizar Informações x Acumular Informações – Qual a diferença?

Quando há organização de informações pode-se achar facilmente em um arquivo tudo o que é necessário. Essas informações passaram por uma curadoria e categorização para facilitar o acesso e o entendimento do contéudo.

Acumular informações é colocar um monte de assuntos misturados, inclusive informações que não são necessárias e não precisarão mais serem acessadas, porém ainda há algum motivo que as mantém na pilha, como: medo de ficar sem aquela informação, falta de espaço para arquivamento, falta de um sistema que apoie a organização.

Eu resolvi encarar a verdade há muito tempo: eu não preciso dar conta de todas as informações que aparecem para mim, eu só preciso dar conta do que alimenta os meus planos e sonhos. Depois que comecei a pensar dessa forma, consegui diminuir bem a quantidade de informações que consumia em minhas redes.

Digo tudo isso porque esse processo de conscientização sobre o que se consome e se guarda é importante para manter um sistema funcional. No meu fluxo diário eu acabo coletando vários materiais e percebi que as referências que são arquivadas possuem algumas naturezas, podem ser inspirações para novos posts, artigos que complementam projetos em andamento, ebooks ou ainda resumo de livros e coletânea de ferramentas.

Para organizar essas referências montei uma Pilha no Evernote chamada GB Referências e dentro dela cadernos com cada uma das categorias das minhas referências.

Organizo por cadernos porque a natureza da referência é importante pra mim. Para classificar os assuntos trabalho bastante com as Etiquetas. Dessa forma, quando preciso localizar algum tópico específico já vou direto nelas.

Acho super interessante ter uma Pilha dessas no Evernote, principalmente se você lida com bastante informação, como é o caso dos estudantes.

Uso bastante o #WebClipper para fazer a coleta de materiais para o meu Evernote porque ele tem uma forma de guardar arquivos simplificados, o que facilita muito a leitura posteriormente. Uma dica é manter esses cadernos de referências como offline, assim quando você precisar ler alguma coisa nova no avião, por exemplo, pode dar uma atualizada no seu banco de referências.

Você também usa Evernote? Me conta nos comentários!


Recommended Posts

Leave a Comment

Receba minhas dicas de organização pessoal em sua caixa
INSTAGRAM
FACEBOOK
Contato

Envie um e-mail e entrarei em contato em breve

Not readable? Change text. captcha txt

Start typing and press Enter to search