6 de fevereiro de 2018

Organizei meu plano de estudos no Trello

Fevereiro é época de volta às aulas para muita gente, mas por aqui o clima de estudos nunca parou. Tenho casa 5 em gêmeos né gente! Estudar pra mim, aprender coisas novas, é um prazer! Sério, às vezes fico impressionada com o quanto que estudar é algo que me deixa bem e como hoje eu me empenho para ter tempo de estudos na minha semana.

Não estou fazendo faculdade, nem mestrado e nem doutorado. Porém, eu moro dentro de uma Universidade e o clima daqui acaba impactando muito a forma que eu enxergo os estudos. Sou casada com um acadêmico e todo meu círculo de amizades aqui é de acadêmicos, e apesar de não ser acadêmica, eu continuo fazendo pesquisa e estudando para aprimorar meus conhecimentos e meu trabalho.

A gente não precisa estar na faculdade para aprender algo novo. Click To Tweet

Aliás, o número de pessoas que estão buscando cursos online hoje não é brincadeira né. Mesmo que o mercado online de cursos seja volátil, o crescimento continua acontecendo nesse setor. Está aí o Coursera, o Lynda e outras plataformas que não me deixam mentir. Portais de cursos online no Brasil também estão em alta e muitas pessoas estão procurando cursos online para desenvolver suas habilidades.

Pois bem, falei de cursos online aqui porque boa parte do que estou fazendo hoje envolve esse estudo a distância e pesquisa online. É tudo meio auto-didata, mas gosto de pensar que estou montando minha Universidade Particular e escolhendo as matérias aos poucos, de acordo com o meu plano de vida.

Daqui há alguns anos tenho o plano de realizar um mestrado e os estudos que faço hoje tem relação direta com a linha que eu acho que pode ser hoje um bom caminho a ser seguido. Mas cada coisa no seu tempo.

Para acompanhar os estudos na minha Universidade Particular, eu organizei o meu plano de estudos no Trello. Fiz um quadro chamado Faculdades e nele inclui listas com as áreas de estudo que estou focando esse ano, que são:

  • Tecnologia
  • Organização e Produtividade
  • Negócios
  • Auto Conhecimento, Saúde e Bem Estar
  • Línguas

Os primeiros tópicos possuem relação direta com o meu trabalho e os demais são de desenvolvimento pessoal. Em cada setor eu tenho metas específicas. Por exemplo, este ano meu foco de línguas é o Hebraico porque vou passar um tempo em Israel e quero pelo menos entender um pouco, antes de ir pra lá.

Na parte de autoconhecimento continuo com meu foco na Astrologia e em 2018 o plano é aprofundar os estudos sobre auto confiança e auto compaixão. Sim! Auto cuidado também se aprende. ♥️

As listas no Trello são organizadas com os projetos que estão em andamento para o trimestre em questão. E deixo visível os focos do mês e focos da semana para montar meu planejamento por períodos de acordo. Fica assim:

Toda semana eu olho os meus quadros no Trello para decidir os focos semanais, marco com a etiqueta e assim consigo visualizar bem o que preciso dar atenção ao longo da semana nos meus estudos. A vantagem disso é que quando sento para estudar eu não preciso pensar no que vou fazer naquela hora. Eu já tenho um plano, então acesso isso e direciono minha atenção para ação.

Se você pretende se organizar melhor, é importante saber disso. Quando você sentar pra estudar, o seu foco já deve estar claro. Se não estiver, só essa pergunta sobre “o que fazer agora” pode ser uma porta para procrastinação. Para ajudar nesse momento da execução eu tenho um Checklist no Todoist que já faço meio no piloto automático. Ele inclui os seguintes passos:

Parece bobo, mas ter um checklist com esses passos me lembra de um ritual que ao ser seguido me leva ao modo de concentração para estudar. De verdade, ajuda muito.

Nos cartões do Trello fica detalhado o conteúdo que preciso dar atenção. Essa semana, por exemplo, estou dando atenção ao conteúdo Humanise The Web. Um seminário online que estou acompanhando como foi. Dividi os vídeos no programa de estudos e vou checando e estudando o conteúdo quando estou no bloco de estudos do dia.

Ao meu lado na hora dos estudos tenho sempre um caderninho. As anotações vão depois pro Evernote e gosto de revisar o conteúdo com uma frequência mensal ou quando é necessário para bolar algum conteúdo. Então, veja bem, esse tempo é realmente de estudos. Não é apenas para ficar assistindo conteúdo. Eu faço anotações, coloco exercícios em prática, reviso e uso esse conteúdo depois nos meus materiais de trabalho ou nas situações da minha vida.

No final das contas, mesmo não estando na faculdade, me considero uma estudante, pois estou sempre estudando coisas novas.  Morar em Stanford me inspira muito e ver pessoas tão empenhadas nos seus projetos acadêmicos também me traz muita inspiração. Acho que a gente nunca deve parar de aprender e que estudando podemos melhorar muita coisa na nossa vida.

Vale dizer que pelo menos 3 vezes na semana separo de 1 a 2 horas para estudar. Isso varia muito de acordo com minha agenda da semana e não inclui o tempo de leitura de livros. Isso já é outra história.

Expliquei aqui a diferença entre ler e estudar.

Foi assim que organizei meus estudos no Trello e estou curtindo muito.
E você? Como se organiza com os seus estudos?


Dentro da Academia de Organização Digital, você encontra tutoriais dessa e de outras ferramentas que podem te ajudar a organizar as atividades de estudo.

Se você está precisando de uma mãozinha na implementação de sistemas para organização, entre em contato comigo! Organizar é aqui mesmo!

Deixe o seu comentário:

Inscreva-se na minha newsletter!

Inscreva-se na minha newsletter!

Receba minhas dicas de organização pessoal em sua caixa de e-mail

Você receberá um e-mail para confirmar o seu cadastro. Não se esqueça de verificar a caixa de spam :)

Pin It on Pinterest