In Destaque

Me lembro muito bem de uma época específica do ano de 2012 que me vi produzindo 4 filmes ao mesmo tempo. Quem já trabalhou com produção sabe o quanto isso pode ser uma loucura, especialmente com o nível de excelência que eu costumava trabalhar no cinema. Cada curta metragem contava com uma equipe mínima de pelo menos 20 pessoas. O meu trabalho era realizar toda a produção, de olho em cada detalhe, com cada membro das equipes de som, fotografia, direção, arte e finalização. O resultado: uma rotina insana, com poucas horas de sono, muito café e muitas olheiras.

Eu até dava conta, mas me sentia cansada com frequência. Hoje eu percebo que devo respeitar o ritmo do meu corpo caso queira que ele me acompanhe por bastante tempo. E tem horas que o que ele mais precisa é um merecido descanso!

Um dia tem 24 horas, mas isso não significa que você deva ficar essas 24 horas ligado na tomada. É por isso que quando falamos de gerenciamento do tempo estamos falando na verdade de gerenciar escolhas, porque sobre elas, felizmente, nós temos total controle. Acontece que para gerenciar melhor suas escolhas é fundamental entender o seu ritmo e como você produz com mais quailidade. O meu corpo tem um ritmo e eu percebi que consigo render muito mais se respeitar esse ritmo. Por isso, como profissional de organização e produtividade, me sinto no dever de alertar você que mais importante que ficar medindo o tempo gasto nas suas tarefas, é avaliar sua energia no momento de realizá-las.

Gerenciar sua energia é crucial. Você não é uma máquina. Já vi gente montando o plano do dia sem deixar nenhuma brecha de respiro. Aprenda que a medida que você cuida da sua energia você ganha mais foco e disposição, além de ficar cada vez mais ciente do que precisa em cada momento. Se a gente fica nessa de só contar horas, permitindo que tarefas e projetos suguem nossa força, nossa energia cai pelo ralo.

Se você tem tempo mas não tem energia pode não conseguir produzir muita coisa, mas se você tem energia e tempo, é capaz de agir com mais concentração, ampliar a produtividade e melhor: fazer tudo isso com mais tranquilidade e bem estar. Produtividade não é sobre ficar contando quantas tarefas você fez no dia em menos tempo possível. Produtividade é sobre resultados. É incrível a quantidade de pessoas que muitas vezes se orgulham de marcar tarefas que não as levam a lugar algum. O adjetivo dado a este tipo de pessoa é ocupado e não produtivo já que há uma enorme diferença entre os dois perfis. Quem é ocupado preenche todos os minutos com alguma coisa, não necessariamente algo importante. Ser produtivo então tem mais a ver com o gerenciamento da sua energia. Para ser produtivo é necessário entender como obter o máximo de resultados gastando a menor quantidade de energia.

É somente com energia que você pode estar presente e realizar de verdade. A medida que você cuida da sua energia, se tornará um expert de você mesmo, reconhecendo os períodos mais fortes do seu dia, os seus pontos fracos e a melhor forma de executar suas tarefas de acordo com o seu ritmo.

O que faço para gerir melhor a minha energia:

1. Escutar o meu corpo. Tem dias específicos que ele não quer saber de nada a não ser ficar no sofá. Isso é especialmente válido para aqueles dias de TPM cuja cólica não me deixa em paz, por exemplo. Aprendi que nesses dias não devo lutar com o meu corpo e sim respeitá-lo. Se ele precisa de chá e edredom, dou a ele chá e edredom. Se naquele dia estava marcado um treino de 5 Km, simplesmente reagendo. Não adianta nada ficar lutando com a vontade do meu corpo.

2. Valorizo uma boa noite de sono. Eu adoro dormir e sou extremamente grata por ter a facilidade de pegar no sono. Durante algum tempo monitorei meu sono usando o Sleepcycle e percebi que se eu dormir menos de 7 horas por noite não sou ninguém no outro dia. Mais do que 8 horas no entanto, também me deixa meio lenta. Então 8 horas é o meu número ideal e eu me programo para conseguir dormir essa quantidade de horas por noite.

3. Bebo bastante líquido. Água é fundamental para o bom desempenho do sistema nervoso, principalmente quando se trata de absorção de informações. Leio muito e preciso cuidar da minha memória e concentração, por isso o hábito de beber líquidos se tornou algo regular na minha rotina.

4. Mexo o corpo. Ficar longos períodos sentada não me faz bem. Reparei que quando fico mais de 3 horas na frente do computador o meu desempenho tende a diminuir e produzo bem menos. Por isso faço pausas, saio para dar uma caminhada. Muitas vezes começo trabalhando de casa e saio no meio do dia pra ir a uma cafeteria ou biblioteca para continuar o trabalho. O período de movimento me ajuda a espairecer a mente e me dá mais energia para continuar produzindo.

5. Medito todo dia pela manhã antes de checar notificações no celular ou no computador. Tenho feito isso com muito empenho nos últimos meses e notado uma diferença enorme no meu desempenho diário. Eu era o tipo de pessoa que acordava e antes de sair da cama já sabia tudo que tinha ocorrido no mundo. Hoje eu prefiro acordar, olhar meu rosto no espelho, agradecer por mais um dia, beijar meu marido, meditar e pensar sobre o meu dia antes de olhar pro resto do mundo. Isso me ajuda a esclarecer o que planejei para aquele dia e me dá mais motivação para cumprir a lista de tarefas, independente dos “pepinos” que aconteçam ao longo do dia.

6. Divido meu dia em blocos. Uma coisa interessante na minha rotina é que descobri que funciono muito melhor se dividir o meu dia em blocos. E fiz isso pensando na energia que devo ter para trabalhar em cada coisa. No Todoist criei filtros para me ajudar a gerenciar as minhas tarefas de acordo com a minha energia.

categorias energia

7. Tiro cochilos. Geralmente depois do almoço minha cabeça fica lenta. Antes eu até ingeria um monte de café e comia um quilo de chocolate pra combater o que eu achava que era preguiça. Levava minutos pra simplesmente começar a fazer as coisas. Hoje em dia nem penso mais. Se me sinto cansada, deito e tiro um cochilo. Geralmente 30 minutos depois do almoço fazem milagres. Ao acordar tomo um copão de água e sou capaz de produzir muito melhor.

8. Mantenho meus ambientes organizados. Ambientes desorganizados são ervas daninhas da produtividade. Consomem seu tempo, sua energia, seu foco, sua força de vontade. Qualquer pessoa que passe mais de 10 minutos procurando um arquivo no computador ou no armário sofre. Isso sem falar na imagem ruim que a desorganização passa para seus colegas, parceiros e colaboradores. Ter um lugar para cada coisa ajuda muito no processo criativo e ajuda na produção. As coisas precisam ser práticas, úteis e fáceis e sem organização isso não é possível. Então mantenha seu planejamento organizado semanalmente, organize sua mesa de trabalho, dê uma geral nas suas gavetas, crie sistemas para arquivamento digital e de papel, organize seus emails, mantenha ambientes livres de bagunça. Isso te ajudará a ter mais clareza e flexibilidade nos seus processos diários. E não te consumirá energia!

É preciso descobrir o que realmente importa e o que prejudica a vida da gente. Não dar atenção ao que o seu corpo pede não é saudável. Se você quer ir mais longe, aprender a como gerenciar melhor sua energia, eis minha principal dica: reflita sobre os seus hábitos. Acorde mais cedo, tome um bom café da manhã, faça uma atividade física, revise suas tarefas diariamente, esqueça redes sociais, use a técnica pomodoro para te ajudar a focar, saia para dar uma volta, tire cochilos quando estiver cansado. Hábitos são transformadores e fonte de novas ideias e comportamentos benéficos.

Você sente que gerir sua energia é um aspecto importante? Como andam seus períodos de descanso e lazer? Como você está organizando sua semana para valorizar seus períodos de maior energia? Hoje é comum ouvir que todos tem uma rotina corrida, que estão cansados. Mas será mesmo necessário perder horas de sono para produzir mais? I don’t think so. É importante carregar as baterias e entrar em acordo com o seu corpo. Somente com um nível alto de energia somos capazes de oferecer o melhor.

Faça ajustes na sua rotina e aprenda a priorizar sua energia também! Ela é um recurso precioso. O seu corpo agradece.

Recent Posts

Leave a Comment

Receba minhas dicas de organização pessoal em sua caixa
INSTAGRAM
FACEBOOK
Contato

Envie um e-mail e entrarei em contato em breve

Not readable? Change text. captcha txt

Start typing and press Enter to search