In Mindset Produtivo
Sempre consumi muita informação online. Acompanho alguns blogs religiosamente, gosto de fazer pesquisas sobre assuntos diversos, escuto podcasts e assino feeds para me manter atualizada. Em determinado momento no entanto, eu me vi produzindo mais conteúdo do que consumindo conteúdo. Isso de certa forma é muito bom porque significa que todo o conhecimento que consumo está sendo colocado em prática e  externalizado em forma de conteúdo. Aprendi que é super importante pra mim que o conteúdo consumido tenha relação direta com o que estou produzindo.

Por isso, desde o ano passado venho trabalhando continuamente na forma que consumo conteúdo, com uma restrita dieta onde incluo no sistema apenas o que é importante para mim e para os meus projetos. Tento seguir com disciplina uma dieta de informação.

Hoje venho compartilhar com você como faço essa curadoria de conteúdo e o tipo de mídia que costumo acessar.

Áudios

Eu adoro este tipo de mídia porque posso acessá-la enquanto estou fazendo outras coisas. Venho buscado realizar as coisas de maneira mais focada, como lavar a louça concentrada nas vasilhas ou caminhar sem ouvir nada. Sei que aprendo bem com áudios, no entanto. Então, quando estou me arrumando pra sair, organizando a casa ou realizando alguma atividade mais de piloto automático, recorro a podcasts. Hoje sigo poucos podcasts relacionados a empreendedorismo, organização, produtividade e tecnologia.

Uso o próprio app de Podcasts do iPhone para minhas assinaturas.

Vídeos

Eu não vejo televisão. Na verdade nem tenho TV em casa por decisão própria. Na semana assisto alguns vídeos no YouTube de acordo com um planejamento ou com o que eu for coletando no meio do caminho. Tenho uma lista no Todoist para organizar os vídeos que quero assistir, assim, no final do dia quando termino meu trabalho já vou direto pra lista.

Usamos o Netflix para acompanhar séries. Eu gosto de fazer isso com meu marido porque é um tempinho que passamos juntos assistindo algo legal. Como sou muito fã de séries e filmes, essa acaba sendo a forma de entretenimento que eu mais acesso no dia a dia.

Leituras

Com a dieta de informação eu tenho conseguido ler muito mais, especialmente meus livros no Kindle.

Em paralelo a essas leituras acompanho meus feeds pelo Feedly e acesso a ferramenta uma vez por dia, geralmente no início da manhã. A média de posts que caem no meu Feedly por dia chega a 100 postagens. As mais interessantes e que me consomem mais tempo para ler vão para Inbox do Evernote. O mesmo acontece se esbarro por algum artigo interessante na Web.

Uma vez por semana (geralmente no sábado), eu dou uma olhada na Inbox do Evernote. Certificando de ler, processar e arquivar os materiais que serão necessários futuramente. Se eu puder localizar facilmente a informação na internet depois, deleto e não arquivo no meu Evernote.

Dessa forma, todas as leituras ficam em dia.

Muita informação cansa e ter as informações corretas fará mais diferença na qualidade do seu dia, transformando informação em conhecimento. Esse tipo de escolha é de extrema importância para melhorar a sua produtividade, ter uma mente mais tranquila e eliminar o medo de ficar por fora da sua vida.


Como estão seus hábitos de consumo de informação? 
Recent Posts

Leave a Comment

Receba minhas dicas de organização pessoal em sua caixa
INSTAGRAM
FACEBOOK
Contato

Envie um e-mail e entrarei em contato em breve

Not readable? Change text.

Start typing and press Enter to search